A História das Igrejas na Bahia

A História das Igrejas na Bahia

Salvador ostenta diversas igrejas católicas, monumentos arquitetônicos admiráveis; algumas destacam-se pela beleza, outras pela riqueza, outras são marcadas por especial devoção popular. 
Reza a lenda que Salvador conta com 365 igrejas, uma para cada dia do ano; alguns historiadores e estudiosos afirmam que, mesmo entre igrejas e capelas, o total fica ao redor de 100, enquanto outros juram que o número de igrejas é bastante superior a 365. 
Pouco importa. Talvez os que falam em 365 computem igrejas já desaparecidas, mas que ainda vivem na memória do como a da Sé ou a antiga igreja da Ajuda, a mais velha da cidade; ambas foram demolidas. 
No local onde estava a igreja da Ajuda construíram outra e nela guardaram o púlpito de onde o Padre Vieira pregava. 
Atualmente o título de mais antiga é disputado por duas igrejas: a capela da Graça e a matriz da Vitória. A visita às famosas e monumentais igrejas de Salvador é uma rotina dos que visitam a cidade. 
As igrejas são tantas, que não haverá aqui espaço para citá-las todas, mas segue um roteiro das mais importantes: