Peregrinação da Cruz e do Ícone nas Dioceses:

Peregrinação da Cruz e do Ícone nas Dioceses:

 

 

1- Cada diocese deve acolher a Cruz e o Ícone com a celebração que se encontra nos subsídios da CNBB.

2- Cada diocese deve enviar a Cruz e o Ícone com a celebração que se encontra nos subsídios da CNBB.

3- Somente o responsável (escolhido pelo Bispo e treinado pelo coordenado nacional da peregrinação da Cruz e do Ícone) poderá conduzir a Cruz e o Ícone de um lugar para o outro.

4- É fundamental a visita da Cruz e do Ícone em PRESÍDIOS, CENTROS DE RECUPERAÇÃO DE DEPENDENTES QUÍMICOS, CASA DE IDOSOS, ORFANATOS, HOSPITAIS, UNIVERSIDADES E ESCOLAS...

5- Cada Diocese é convidada a divulgar o evento através dos meios ou veículos de comunicação social e lideranças das comunidades.

6- Cada Bispo deve acerta o horário de entrega da Cruz e do Ícone com o outro Bispo.

7- Qualquer saída da Cruz e do Ícone do roteiro programado pela CNBB ou acidente deverá avisar imediatamente o coordenador nacional da Peregrinação da Cruz e do Ícone.

- Eventos “Bote Fé”:

1- P. Sávio (assessor do Setor juventude da CNBB) coordenará os 19 shows nos estados do Brasil.

2- Antes de cada evento, o P. Sávio reunirá com o Bispo diocesano para discutir o projeto

3- Ele também orientará sobre a pré-jornada em 2013.

- Documentações:

1- A documentação da Cruz e do Ícone deverá ser entregue de Bispo para Bispo. Essa documentação deverá acompanhar o transporte da Cruz e do Ícone por todos os lugares do Brasil e CONE SUL.

2- As autorizações de transporte da Cruz e do Ícone no Brasil será de responsabilidade dos advogados da CNBB que providenciarão junto às autoridades do Brasil.

Qualquer outra duvida favor entrar em contato,

Telefone: (11) 8285-1784

E-mail: toninho.bsp@salesianos.com.br

 

 

Fraternalmente,

P. Antonio Ramos do Prado, sdb

Assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude – CNBB.

Coordenador Nacional da Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora da JMJ no Brasil.